Orçamento: BDI: Taxas do BDI

De Suporte EngWhere
Ir para: navegação, pesquisa

Taxas do BDI

A fórmula fundamental do orçamento é:

  • Planilha de Venda = (Custos Diretos + Custos Indiretos) x Taxas do BDI, ou então:
  • Venda = Custo x BDI.

O BDI que nos referimos é a Taxa final que se prestará para lançar nas composições preços unitários para gerar a Planilha de Venda.

Leia mais a este respeito na Biblioteca.

Taxas que incidem sobre os custos

  • Despesas Financeiras - São as provenientes de empréstimos bancários ou simplesmente recursos próprios da Construtora para investir no suprimento da obra quando as medições forem insuficientes em determinado período. No caso de ocorrer altas medições iniciais, de forma a manter o caixa sempre em superávit a taxa poderá ser lançada em negativo.
  • Taxa de Risco - Deverão ser lançadas em caso de insegurança no orçamento por falta de especificações adequadas, de projeto, de localização, ou mesmo por insegurança em se executar a obra dentro de padrões normais. Uma matriz de risco deverá ser elaborada e o total será lançado na célula.
  • Diferença de Reajuste - Quando o reajuste estipulado no Edital for insuficiente para cobrir o resultado esperado. Também nos casos de insegurança quanto as expectativas de inflação.
  • Reajuste - Complementa o item anterior. Quando não houver reajuste previsto para as medições.

Taxas que incidem sobre o faturamento

  • Despesas do Escritório Central - São as despesas do escritório central da Empresa, diluídas, ou rateadas, sobre todas as suas obras ou fontes de faturamento. A taxa deverá ser calculada periodicamente sendo a somatória das despesas gerais do escritório (salários, retiradas da diretoria, aluguéis, automóveis, copa, etc.) em função de seu faturamento no mesmo período. O valor geralmente sugerido é de 6.00% a 8,00% do faturamento para a maioria das Empresas de porte médio.
  • A taxa irá variar em função da quantidade de obras em andamento da Empresa.
  • Bonificação - É o lucro da obra esperado pela diretoria. Incidindo sobre o faturamento, irá incidir sobre todos os gastos previstos, inclusive financeiros, de administração, da compra de todos os materiais e do salário de todo o pessoal, todos os impostos e riscos. A taxa sugerida para obras médias de construção civil é de 4,00 a 5,00%.
  • Imposto de Renda - Informação a ser obtida junto ao departamento financeiro de cada Empresa. Adotamos empiricamente como 20% da bonificação.
  • Despesas com caução / retenção - Quando o Edital assim exigir, os custos financeiros e bancários referentes a estes serviços deverão ser calculados.
  • Negociação / despesas comerciais - Todos os tipos de gastos necessários para ganhar a obra.
  • Taxa de desenvolvimento - As Empresas, querendo provisionar um percentual do faturamento para aquisições de equipamentos, ampliações e reformas da sede, expansão, poderão lançar neste item suas taxas, mesmo que onerem o orçamento ou ainda que reduza em igual valor o seu lucro. A taxa servirá como meta e facilitará o controle do que se investirá em determinado período em função do faturado. Sugestão: 1% porém não sendo incidido este percentual a bonificação poderá ser alterada para 5,00 a 6,00%.

Conversão para incidir sobre o custo

Como as taxas deverão ser totalizadas faz-se necessário equalizá-las antes de efetuar a soma. A planilha irá convertê-la automaticamente.

Ver Também