O Caldo (Orçamento de Obra)


O Inseguro termina seu orçamento e, sem muito acreditar em seus resultados ou sentindo-se no direito de dormir tranqüilo, acrescenta uns 10% a 20% a mais nos resultados.

Já o Superconfiante, valorizando o poder de suas posteriores negociações, ou de seu desempenho durante a execução da obra, reduz as contas em semelhantes percentuais.

Lembrando que entre as Taxas do BDI existe o campo Taxa de Risco, calculável, e o que se está fazendo não é sonoterapia ou preparando macarronada,  o “caldo” é expressamente proibido ao Orçamentista.

 

Este artigo foi útil para você?

Deixe uma resposta