Revista EngWhere
Revista EngWhere
  • A+
  • A-
  • Reset
ORÇAMENTOS, PLANEJAMENTOS
E CANTEIROS DE OBRAS

Leia o artigo abaixo e acompanhe aqui a contagem regressiva.
     Ano 06 • nº 67 • 01/05/08
"Algumas pessoas têm tanto respeito por seus superiores que não sobra nenhum para eles mesmos." - Peter McArthur.
Nesta Edição
Futurologia: Antecipando o discurso e prenunciando o estadista do milênio
Marketing Empresarial: Orgulho e Vaidade
Gerenciamento de Projetos: A Gerência do Pensamento
Orçamento de Obras:
O Software do Engenheiro
EngWhere Orçamentos - O Melhor e Mais Completo Software de Orçamento de Obras no Mercado Nacional!
• Orçamentos de obras com base em composições de preços unitários.
EngWhere BDI - O Software que calcula e ensina o BDI.
• Única opção para o cálculo completo das despesas indiretas e taxas do BDI.

Planejamento de Obras:
Planejamento de obra e da empresa
EngWhere previso - Solução completa para planejamento, acompanhamento e controle de obras e da empresa.
• O Planejamento baseado no confronto entre custo x faturamento x previsto x realizado.

Gerenciamento de Obras:
Ferramentas de Gerência de obras
Eng-Obras - A arte de construir .
• Ferramentas para o Tocador de obra: diário de obras, caixinha, lançamento de despesas, gerenciamento de documentos e projetos, BD, programação de obras, modelos de documentos.
Gerência de obras: organização de contrato e medições
GerCon-Medic - Gerenciamento de contratos & medições de obras.
• Controla os valores dos contratos, aditivos e medições com base na Lei 8666. Elabora e acompanha medições de obras..

Desenvolvidos em Visual Basic para todos os Windows.
Softwares modernos, design arrojados, banco de dados poderosos

Clique aqui para entrar na loja virtual do EngWhere

  Futurologia . ANTECIPANDO O DISCURSO E PRENUNCIANDO O ESTADISTA DO MILÊNIO

Das sucursais internacionais (com a autoridade de seus softwares marcando presença em Angola, Moçambique, Cabo Verde, África do Sul, Dubai, além de Portugal, Holanda e EUA), destrinchando a crise mundial, a Revista EngWhere apresenta...

Contagem regressiva: A Superpotência Brasil!

Você se lembra quando o preço do chuchu influía na inflação e aumentava a fome dos brasileiros? Ou quando o petróleo chegava a US$ 23,00 / barril e os empregos se evaporavam? Quando os empréstimos em dólares do ministro da fazenda eram chamados de milagres econômicos? Daquelas temíveis visitas de inspeção dos técnicos do FMI? Estas tragédias não só deixaram de existir como estão para virar pré-história.
Para quem não sabe, o Brasil está embalado para integrar a OPEP e, logo em seguida, algum lugar intermediário na indigesta Cúpula dos 6 ou menos.
Como toda boa previsão que se preza será necessário contar apenas 7 anos, ou seja, será no carnaval de 2015, seis meses após a fatura da copa com a goleada em cima da Argentina em pleno Mineirão.
Os indícios, testemunhos, evidências, confirmações e conclusões, colhemos nestes últimos 45 minutos na Internet, onde, para não perder tempo, procuramos dar preferência às fontes internacionais por serem menos omissas, menos mentirosas e menos americanizadas que nossa grande imprensa, e também evitamos nos deter nas costumeiras intrigas e agouros da oposição indignada.
Acompanhe nosso raciocínio (e a contagem acima):
. A cada ano, a fome mata mais pessoas nos países pobres que a aids, a malária e a tuberculose juntas, e apesar dos passos "modestos" para amenizar o problema, a fome continua aumentando, denunciou hoje o PAM.
O programa das Nações Unidas afirmou que, do jeito que as coisas estão, não será possível reduzir a fome pela metade até 2015, uma das Metas do Milênio da ONU. Um em cada três africanos sofre de desnutrição, e 852 milhões de pessoas no mundo passam fome, 60 milhões a mais que em 1990, segundo os dados do PAM.
O presidente da Nigéria, Olusegun Obasanjo, que transmitirá na reunião do G8 a "Declaração de Sirte", em que a União Africana pede mais ajuda à comunidade internacional, lembrou que "a comida é a matéria da vida".
"Em meu país, diz-se que quando a fome é tirada da pobreza, a pobreza é reduzida à metade, por isso é tão crucial darmos hoje máxima prioridade a esse obstáculo para o desenvolvimento", afirmou Obasanjo em comunicado emitido na Escócia (7/7/2005).
. "E eu, que durante tantas vezes fui acusado de não ter um diploma superior, ganho o meu primeiro diploma, o diploma de presidente da República do meu país." Discurso de posse do segundo presidente sério, além do Juscelino, nos últimos 500 anos (out/2002).
. Brasil pleiteia vaga no Conselho de Segurança da Onu (set/2004).
http://noticias.uol.com.br/ultnot/internacional/2006/04/21/ult27u55091.jhtm
. Brasil se torna independente em petróleo (abril/2006).
http://educaterra.terra.com.br/vizentini/artigos/2004/09/28/000.htm
. Notícias de Portugal (nov/2006): dentro de oito anos, a China será a terceira maior economia do mundo e a Índia a sétima. Mas, em 2050, a revolução será muito mais significativa, já que os EUA vão perder a liderança, destronados pela China, o novo número um. A Índia também ascende a um lugar do pódio (3º). O Brasil, outra economia em franco desenvolvimento, ascenderá à sexta posição no ranking.
http://diarioeconomico.com/edicion/diarioeconomico/edicion_impresa/destaque/pt/desarrollo/714695.html
.
Segundo pesquisa do Instituto Samsung de Pesquisas Econômicas, o número de famílias de classe média no Brasil deverá saltar de 16,8 milhões em 2005 para 27,7 milhões em 2015, um aumento de 64,5%. O estudo também prevê uma redução expressiva do número de famílias nas faixas mais baixas de renda.

A experiência da China e dos demais "tigres" asiáticos que a antecederam nos ensina que o caminho da riqueza de uma nação não é demorado, nem, muito menos, impossível.
Extrato de Brasil, Superpotência Econômica? de Charles A. Tang, presidente binacional da Câmara de Comércio & Indústria Brasil-China (dez/2002). http://www.ccibc.com.br/pg_dinamica/bin/pg_dinamica.php?id_pag=2922
. Um editorial do jornal britânico Financial Times diz nesta quinta-feira (24/05/07) que o Brasil está vivenciando "uma janela única de oportunidades" para consolidar os avanços econômicos conquistados nos últimos anos. Para aproveitá-la, no entanto, as elites políticas brasileiras devem "abandonar seus interesses próprios" e encorajar o presidente Luiz Inácio Lula da Silva a "estabelecer uma estratégia mais ambiciosa" para o país, diz o texto.
. Biodiesel, o combustível do futuro: inaugurada dia 10/02 com a presença do Presidente da República e do Governador da Bahia, a unidade de produção de biodiesel é a maior das Américas: vai produzir 120 milhões de litros de biocombutível por ano e esmagar 800 toneladas de sementes por dia.
. A crise mundial de alimentação: no ano passado os custos da importação de comida em países em desenvolvimento subiram 25%, quando o preço dos produtos alimentícios atingiu uma alta não percebida durante a última geração. O preço do milho dobrou nos últimos dois anos. O trigo alcançou sua maior cotação em 28 anos.
Os aumentos do arroz já geram distúrbios no Haiti, Filipinas e Egito. Muitos países impõem controle aos preços dos produtos ou a impostos de exportação agrícola.
http://ultimosegundo.ig.com.br/new_york_times/2008/04/10/editorial___a_crise_mundial_de_alimentacao_1265643.html
. Alta no preço de alimentos deve durar até 2010, diz ONU.
Em editorial a revista britânica semanal The Economist diz que a comparação do crescimento do Brasil com a forte expansão chinesa é "enganosa", já que a China é um país mais pobre.
"É muito mais difícil para um país de média renda, como o Brasil, crescer neste ritmo".
. Brasil pode liderar produção mundial de alimentos, diz pesquisador.
http://www.agenciabrasil.gov.br/noticias/2006/07/19/materia.2006-07-19.8094325432/
. Brasil será o segundo maior produtor mundial de transgênicos até 2015 (18/01/2007).
http://portalexame.abril.com.br/degustacao/secure/degustacao.do?COD_SITE= 35&COD_RECURSO=211&URL_RETORNO=http://portalexame.abril.com.br/economia/m0121076.html
. As 50 maiores empresas da América Latina venderam 29% mais em 2007. Entre os países acompanhados, o Brasil ampliou sua liderança, com 23 empresas entre as 50, duas a mais do que em 2006. Juntas, essas 23 companhias brasileiras apresentaram 55,3% das receitas totais apuradas.
http://www.valoronline.com.br/valoronline/Geral/empresas/As+50+maiores+empresas+da
+America+Latina+venderam+29+mais+em+2007,,,2,4881251.html

. Brasília, 21 fev (EFE).- Pela primeira vez na história do Brasil, as reservas internacionais do país superaram o valor da dívida externa, graças ao aumento das exportações e à entrada recorde de divisas, informou hoje o Banco Central (BC).
http://noticias.uol.com.br/ultnot/economia/2008/02/21/ult1767u114456.jhtm
. Brasil será 20º exportador mundial em 2010
http://www.desenvolvimento.gov.br/sitio/interna/noticia.php?area=5&noticia=8188
. Petrobrás pode ter descoberto o terceiro maior campo de petróleo do mundo (nov/2007).
http://diarioeconomico.com/edicion/diarioeconomico/internacional/empresas/pt/desarrollo/1112086.html
. Brasil será independente também na produção de gás.
Ligações estratégicas
• Balança comercial entre China e Brasil cresce 42,55% em 2007.
• Entre 2003 e 2006, o número de embaixadores africanos acreditados em Brasília saltou de 16 para 25.
• Lisboa (14/11/07): Em pouco menos de cinco anos de governo, o Presidente Luiz Inácio Lula da Silva viajou sete vezes à África, superando de longe seus antecessores...
• Nova Délhi (26/03/08) - O comércio entre a Índia e o Brasil cresceu 57% nos primeiros dois meses deste ano, quase o dobro do índice de 2007.
. Descoberta de campo de petróleo pode 'transformar' o Brasil, diz Financial Times.
. Em discurso na sessão plenária na sexta-feira, o presidente da Venezuela, Hugo Chávez [o Sábio], chama Lula de “magnata petroleiro”.
. A descoberta do campo de petróleo de Tupi, anunciada na semana passada, “é a confirmação de que se cumpriu o velho desejo, marcado a fogo nos dirigentes brasileiros, de (o Brasil) ser um ator de peso a nível planetário”, afirma reportagem publicada nesta quarta-feira pelo jornal econômico argentino El Cronista Comercial.
http://www.bbc.co.uk/portuguese/reporterbbc/story/2007/11/071110_denizelulaopep_fp.shtml
. A agência de avaliação de risco Standard & Poor's concedeu ao Brasil nesta quarta-feira (30/04/08, no fechamento desta edição) o título de grau de investimento. A nota (histórica) é concedida a países pouco propícios à inadimplência e significa, na prática, que o Brasil oferece baixos riscos para investidores financeiros internacionais.
. 'Economist': Petróleo mostra que 'Deus pode mesmo ser brasileiro'.
http://folder.wordpress.com/2007/11/16/deus-e-brasileiro-afinal/

Principais dificuldades a serem contornadas
a) Uma incontrolável recessão mundial seguida do costumeiro jogo sujo dos países ricos. O Financial Times comenta, que uma eventual queda abrupta das commodities poderia prejudicar grande parte das economias emergentes;
b) O pior dos jogos sujos são os subsídios à agricultura, praticados pelo países ricos, que contribuem para aumentar a fome no mundo.
Para combatê-los será necessário incrementar despudoradamente o comércio sul-sul e sul-emergentes (leia-se celeiros do mundo) e armazenar os excessos de suprimento no freezer da indiferença a pacóvios e fariseus.
Será a Bíblia tomando o lugar dos compêndios de economia para orientar os destinos dos homens. O "combate à fome" será sinônimo de "busca pela prosperidade e pela paz", e "ajuda humanitária" se confundirá com "jogo de mercado".
Entenda a polêmica em torno dos subsídios agrícolas na OMC;
c) Os juros descompensados por especuladores em massa colhendo dinheiro no exterior (a baixas taxas) e aplicando aqui dentro (pelas taxas de costume);
d) A corrupção que não será ainda abrandada, mormente sendo necessários investimentos maciços para construção de gasodutos, plataformas, etc.
e) Os sócios enfronhados no negócio do petróleo com suas mamadeiras insaturáveis.

Acompanhamento e torcida
Para se garantir que os resultados estarão sendo alcançados, e aproveitar para torcer como em uma olimpíada, fique atento aos jornais e noticiários, observando que:
a) pelo menos a cada 40 dias, em média, deverá ser batido um recorde econômico histórico do tipo, a maior produção de cana dos últimos 10 anos, a menor taxa de desemprego desde 1990, reservas em dólares maiores dos últimos 500 anos, etc.
b) a cada 25 dias deverá ser batido pelo menos um recorde anual ou quinquenal.
c) a cada 5 dias um recorde estadual ou regional será anunciado. Exemplos: "A produção de grãos este ano no Ceará pode manter a previsão de recorde feita pelo Estado (abril/08)"; "O Ceará bate recorde histórico em empregos (jan/08)"; "Exportações do Ceará crescem 51,5% e superam a média do País (jan/08)"; "Fortaleza vai receber neste mês de janeiro o maior evento de forró que o Ceará já viu".

Conselhos ao eleitorado e ao próximo estadista presidente
Seja quem for o próximo presidente será considerado um estadista do estofo de um Churchill ("Só tenho para oferecer sangue, sofrimento, lágrimas e suor."), Stálin ("Uma única morte é uma tragédia; um milhão de mortes é uma estatística."), Roosevelt ("A felicidade não está em possuir mais dinheiro, mas na alegria de conseguir o almejado, na excitação do esforço criativo."), De Gaulle ("Le Brésil n'est pas um pays sérieux."). Para isto precisará ser combatente ferrenho da fome globalizada. Seu lema: a raça humana não se justifica enquanto um único indivíduo estiver passando ou morrendo de fome .
Podem começar a construir o panteão
!


Conheça alguns termos para acompanhar os acontecimentos
. Commodity: é um termo de língua inglesa que significa mercadoria, é utilizado nas transações comerciais de produtos de origem primária nas bolsas de mercadorias.
Usada como referência aos produtos em estado bruto ou com pequeno grau de industrialização, de qualidade quase uniforme, produzidos em grandes quantidades e por diferentes produtores. Estes produtos "in natura", cultivados ou de extração mineral, podem ser estocados por determinado período sem perda significativa de qualidade. O que torna as commodities muito importantes na economia é o fato de que, embora sejam mercadorias primárias, possuem cotação e "negociabilidade" globais; portanto, as oscilações nas cotações destas commodities têm impacto significativo nos fluxos financeiros mundiais, podendo causar perdas a agentes econômicos e até mesmo a países. Exemplos: café, trigo, soja, ouro, borracha, petróleo, etc.
. COPOM: Comitê de Política Monetária do BACEN, é o órgão que decide a política da taxa de juros.
. CMN: Conselho Monetário Nacional. Tem como finalidade formular a política da moeda e do crédito.
. Globalização: é um dos processos de aprofundamento da integração econômica, social, cultural, política, com o barateamento dos meios de transporte e comunicação dos países do mundo no final do século XX e início do século XXI. É um fenômeno observado na necessidade de formar uma Aldeia Global que permita maiores ganhos para os mercados internos já saturados.
Como aspectos positivos a facilidade com que as inovações se propagam entre países e continentes, o acesso fácil e rápido à informação e aos bens. Com a ressalva de que para as classes menos favorecidas economicamente, especialmente nos países em desenvolvimento, esse acesso não é "fácil" (porque seu custo é elevado) e não será rápido.
. BRIC: acrônimo formado pelas iniciais dos 4 (quatro) principais países emergentes do mundo: Brasil, Russia, India e China. Especula-se que esses países poderão se tornar a maior força na economia mundial e em menos de 40 anos as economias BRICs juntas poderão ser maiores que as dos G6 (Estados Unidos, Japão, Alemanha, Reino Unido, França e Itália) em termos de dólar americano (US$).
Os Brics são 40% da população mundial e respondem por 15% do PIB mundial. É metade do tamanho dos Estados Unidos. A China está prestes a ultrapassar a Alemanha (em tamanho do PIB).

Picles
. O horóscopo chinês indica que 2008 é o ano do Rato, que promete ser marcado por abundância, oportunidades e bons projetos. Será marcado pelo crescimento da economia do mundo e a austeridade nos negócios.
. A produção industrial fechou o primeiro trimestre com alta de 6,3% sobre igual período do ano anteior.
. A construção civil cresceu 5% em 2007.
. A taxa de desemprego de 2007 ficou menor em todas as seis regiões metropolitanas pesquisadas pela Seade e pelo Dieese.
. Primeiro trimestre de 2008: o EngWhere bate recorde de venda de softwares por 2 meses consecutivos com alta de 43,4% sobre igual período do ano anterior.

A Relatividade na Economia
Justifica-se a rapidez do enriquecimento de uma nação, além do efeito dominó que faz com que o aumento na produção de petróleo beneficie até quem fabrica lamparinas na roça, algumas variáveis exponenciais, como as dos exemplos abaixo, que merecem uma melhor analise:
. Quando uma empresas, como a Petrobrás, se desloca do 20° para 6º lugar no ranking, ocorre não apenas a valorização de suas ações isoladamente, mas ainda a desvalorização das ações de todas as demais empresas do setor;
. Simulemos uma moeda nova para comercializar, por exemplo arroz, com valor = 1 e imaginemos a produção de arroz aumentando 25% e o seu preço de venda sendo duplicado.
O poder de fogo do fornecedor passará de 1 para 2,5 enquanto que o do comprador cairá para 0,5, ou seja, a proporção 1 x 1 passará a ser de 1 x 5, ou ainda, o valor dos excedentes na balança comercial relativamente será quintuplicado.
. Muitos países que são grandes fabricantes de petróleo, como os Estados Unidos (3º maior fabricante com 8,3 milhões de barris/dia) não devem ser levados em conta pois suas cotas não chegam para o próprio consumo (20,5 milhões ou déficit de 12,2 milhões, as exportações inteiras da Arábia Saudita e Noruega, primeira e terceira do ranking). Um acréscimo para quem não é importador, igualará sua produção com os grandes do setor. O Brasil, no médio prazo, deverá se situar muito próximo do grupo dos 7 ou 8 que atualmente se revezam na terceira colocação.

Notícias Escalafobéticas
. General Motors tem prejúizo de US$ 38,7 bilhões.
. Cresce taxa de desemprego no Japão.
. Alta do preço do trigo reduz consumo de macarrão na Itália
Manchetes
. A opção norte americana pelo milho como matéria prima para a produção de álcool provocou uma explosão nas vendas brasileiras do produto: em setembro, a exportação de milho em grão cresceu 464,99% em relação ao mesmo mês de 2006.
Na lista dos maiores compradores do produto brasileiro, estão: Espanha, Alemanha, Portugal e Itália que compravam tradicionalmente dos EUA.
A colheita será 9,9% superior ao do ano anterior porém devido ao forte aumento no consumo pelas indústrias de carnes do país, as exportações do cereal brasileiro serão contidas.
. Segundo a Associação Brasileira dos Produtores e Exportadores de Frangos (Abef), o Brasil é o maior exportador mundial de carne de frango (ou seja, milho com penas), com 42% de participação nas exportações totais, seguido pelos Estados Unidos (36%), que também têm repassado a seus clientes o maior custo do milho.
. 17/04/2008: Aumentar em 25% a produção de trigo da safra 2008/2009 é a principal meta do Plano Nacional de Trigo lançado hoje pelo Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento (Mapa). Este crescimento vai garantir uma produção de 4,75 milhões de toneladas, o que corresponde a 47% da demanda brasileira.
. Na relação entre abril de 2008 e o mesmo mês de 2007, houve aumento de 57,5% no valor total exportado de soja, de 0,7% na quantidade total e valorização de 56,5% no preço médio.
. 30/04/2008: Pela primeira vez desde 2004, os produtores de arroz do Rio Grande do Sul - estado que detém 60% da safra nacional do cereal - vão poder comemorar uma safra recorde, inclusive na produtividade, e preços nunca vistos antes.
. Se os democratas vencerem, especialmente se for Barack Obama, há um risco de haver mais protecionismo e mais aversão à globalização. Isso será ruim para todos os Brics.
. Emy Shayo, do Bear Stearns, teria dito: "As pessoas estão totalmente apaixonadas pelo Brasil. Investidores vêm aqui e acreditam que este é o melhor país do mundo."

Olimpíadas das exportações

Ouro:
Açúcar, Café, Suco de laranja, Álcool, Tabaco, Complexo Soja, Carne Bovina, Frango.
Bronze
Milho, Carne Suína
PIB
. 2004 - 12º
. 2005 - 11º
. 2006 - 8º
. 2007 - 6º
IDH
"IDH sobe e Brasil entra no clube do Alto Desenvolvimento Humano".
"Para ONU, Brasil já não é um país pobre".
"Com PIB e renda maiores, país chega ao primeiro mundo da área social".

Comemore
. Até pelo tamanho do território e pela comunhão de terra e de clima, o Brasil é rigorosamente apresentado, agora, aos olhos do mundo responsável como o único espaço nacional capaz de correr com dois cavalos no mesmo páreo - o da comida para o homem e o da energia para a máquina.
Joelmir Beting (gênio economês - http://www.joelmirbeting.com.br/noticias.aspx?IdNews=30402&IdgNews=2).
. “A conquista do Brasil é notável”. “Seis anos atrás o país era amplamente visto como à beira da falência (Financial Times).
. "Enquanto a gigante da mineração baseada no Rio abre seu caminho para a dianteira do palco de negócios globais, mais e mais pessoas fora do Brasil estão descobrindo”, afirma Wall Street Journal, que “a Vale é hoje a maior produtora mundial de minério de ferro, matéria-prima chave do aço.”
. Uma pesquisa feita em 34 países revelou que 44% das pessoas acreditam que o Brasil exerce uma influência positiva no mundo.

Nada a comemorar
1. O aumento da produção de biocombustíveis, o crescimento do consumo na Índia e na China, as colheitas magras e a alta no preços dos combustíveis e nos custos de transportes já foram responsabilizados pela recente escalada no preço dos alimentos. O Banco Mundial disse que 2 bilhões de pessoas em todo o mundo já foram afetadas pela atual crise e alertou que 100 milhões podem ser levados à pobreza.
2. O presidente do Senegal, Abdoulaye Wade, afirmou que a Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO) é um "desperdício de dinheiro" e deveria ser fechada.
3. O governo da China estuda a possibilidade de adotar uma série de políticas para encorajar suas empresas a alugar terras cultiváveis em outros países.
4. As populações da Etiópia e do Brasil são as que mais se preocupam com o combate à fome e à desnutrição, em um ranking de 47 países levantado por uma pesquisa divulgada em Washington, nos Estados Unidos.

Início

Palavras-chave

projeto cronograma, planilha financeiro, limpeza obra, planejamento conceito, planejamento de orçamento, planilha, modelo, planilha, projeto, custo
  Ênio Padilha . MARKETING EMPRESARIAL

Orgulho e Vaidade

Ênio Padilha
Engenheiro, escritor e palestrante.
Formado pela UFSC, em 1986, especializou-se em Marketing Empresarial na UFPR, em 1996/97.
Escreve regularmente e seus artigos são publicados, todas as semanas, em diversos jornais do país.
eniopadilha@uol.com.br

Implementar estratégias de marketing pessoal, muitas vezes, implica mudar hábitos, costumes, práticas e "tradições pessoais". Significa, em última análise, romper com alguma crença ou convicção que já faz parte do seu ideário público. Isso quase nunca é uma coisa fácil. Mudar não é fácil, porque implica aceitar que aquilo que estava sendo feito não estava certo ou podia ser feito de outra forma. É uma coisa do tipo "Eu sempre fiz desta maneira"... Isso bate no orgulho de não admitir que "eu estou errado. Fulano tem razão: alguma coisa precisa ser mudada no meu modo de agir".
Uma das reações mais bonitas (por ser absolutamente rara) que uma pessoa pode ter é a de, no meio de uma discussão sobre pontos de vista, dizer com sinceridade "É verdade, você tem razão, eu estava errado. Nunca tinha observado esse assunto por esse ângulo que você apresentou."
A maioria absoluta das pessoas entra em uma discussão (seja sobre política, trabalho, educação, esporte, arte ou comportamento) movida apenas pelo interesse de apresentar e defender seus argumentos. Não têm a menor disposição para aprender ou aceitar novos pontos de vista ou novas alternativas para a sua "maneira de ver as coisas".
Eu tenho um grande amigo (o engenheiro e professor do CEFET-PR, Marcos Vallim) que é uma dessas raríssimas exceções. Ele é desconcertante. Apesar da inteligência aguda e dos pontos de vista solidamente defendidos "com unhas e dentes", ele não espera pelo dia seguinte ou pela próxima oportunidade para admitir que está errado ou que está enganado ou desinformado.
Muitas vezes, no meio de uma discussão de alta temperatura, onde as partes apresentam e defendem suas teses, ele interrompe a discussão para admitir, em alto e bom som, que o outro atingiu o ponto. Que o argumento do outro é perfeito. Que o outro está certo e que ele (Marcos) está errado... E não se trata apenas de aceitar o argumento do outro para encerrar a conversa. É uma manifestação sincera de entendimento da razão da outra parte.
Para as outras pessoas, acostumadas a discussões que nunca têm um ponto final com entendimento entre as partes, chega a ser "constrangedor" uma atitude tão humilde que contraria o comportamento comum de "lutar" até o fim para "enfiar na cabeça do outro" o seu ponto de vista.
O seu comportamento, com certeza, deve nos servir de exemplo. Vencer a vaidade e o orgulho é meio caminho para iniciar um processo de renovação. Uma estratégia de marketing pessoal, muitas vezes passa pela necessidade da renovação de conceitos e comportamentos.

Leia outros artigos no site do Especialista: http://www.eniopadilha.com.br

Início

 
Agenda, Memos & CI's   

Lançado no Site
Biblioteca de assuntos gerais:
Discurso de formatura (doc - 28KB)


Pacote com os 5 Softwares da Edição Profissional do EngWhere
. EngWhere Orçamentos
. BDI - Custos Indiretos
. Previso - Planejamentos
. Eng-Obras - Gestão de Obras
. GerCon-Medic - Gestão de Obras

R$ 759,00 em 1+2 vezes sem juros com cheques pré-datados. Frete grátis.
0**35 3535-1734


PARTICIPE DA REVISTA ENGWHERE
* Envie-nos seus textos, artigos, comentários, dicas, notícias, novidades e experiência, para inserção nas próximas edições da Revista.

* Envie cópia deste exemplar a outros profissionais e amplie nossa comunidade.

* Se você recebeu essa edição de um amigo ou colega e ainda não é assinante da Revista EngWhere, então não perca mais tempo:
 assine já.

* Se você gosta do nosso trabalho, por favor nos recomende para seus amigos e colegas.

  Abraão Dahis . GERENCIAMENTO DE PROJETOS

A Gerência do Pensamento (extrato)

Abraão Dahis
Espaço e Expressão - http://www.plantabaixa.com/
adahis@plantabaixa.com
Arquiteto, Pós-Graduando MPM em Gerenciamento de Projetos (SEGRAC/UFRJ),
Coach Executivo com certificação internacional pelo ICI, focado em Valores, Metas e Resultados,
Trainer e Palestrante abordando os temas: Habilidades, Mudanças, Intuição e Qualidade de Vida

1. A conscientização
Os erros dos médicos são sepultados, os dos advogados vão para as cadeias, os dos dentistas são extraídos, os dos carpinteiros transformam-se em serragem, dos engenheiros em entulho, dos gerentes de projetos... e por aí vão todas as atividades humanas pois ninguém pode considerar-se ou ser considerado perfeito a ponto de nunca ter cometido um único erro. Errar é uma etapa essencial no processo de crescer. Imagine um bebê que mal consegue pôr-se de pé e já torna a cair. O que seria dele se diante do primeiro erro, concluísse: “É, não deu certo. Não consigo. Não sirvo para andar”. A linguagem do pensamento é vital para se desenvolver o comportamento que originará a ação. E se esse bebê acreditasse mesmo na conclusão de que “não serve para andar”?
Embora a linguagem seja um produto do sistema nervoso, ativando, direcionando e estimulando o cérebro, é também a maneira mais eficaz de ativar o sistema nervoso dos outros, facilitando assim a comunicação entre as pessoas.
Pensar é usar os sentidos internamente. Pensamos vendo imagens internas, ouvindo sons, falando conosco e tendo sensações em várias partes do corpo. O Gerente de Projeto, sabendo como o cérebro e mente funcionam, como são processados os pensamentos humanos em especial e em particular que, por sua vez, geram os sentimentos, estados emocionais e comportamentos, poderá desenvolver e aplicar estratégias a fim de potencializar ações positivas ou reduzir as influências de condutas e crenças limitantes entre seus stakeholders.

Distribuição
A Revista está sendo distribuída em parceria também por:
Outdoor da Engenharia :: A sua biblioteca virtual de Engenharia Civil - 100% gratuita. Programas, artigos técnicos, apostilas e biblioteca para AutoCad. Clique aqui para assinar já o Mailing List do Portal, ou faça-lhe uma visita: www.outeng.com

todo o site
EngWhere Orçamentos Ltda ® - Todos os direitos reservados