Revista EngWhere
Revista EngWhere
  • A+
  • A-
  • Reset
ORÇAMENTOS, PLANEJAMENTOS E CANTEIROS DE OBRAS
15/11/2001 - Ano 01 - Nº 01
Homenageando o Nó Cego:
O que você tem capacidade de fazer, tem capacidade também de não fazer. - Aristóteles.
    DICAS

Palavras-chave

engenharia, obra, edificação, prediais, softwares, construcao, civil, orcamento, orcamentos, software, planejamento, arquitetura, preços de obras, preços obras, planilha encargos sociais

ORÇAMENTO PADRÃO

A dica maior ao Orçamentista iniciante é que procure estabelecer seus próprios critérios para orçar. Deverá elaborar pelo menos 1 orçamento completo, defini-lo como padrão e corrigi-lo e ampliá-lo à medida que ganha experiência e obtém novas informações.
Com o tempo seus orçamentos serão cada vez mais ágeis, precisos e principalmente coerentes.

EXERCÍCIO AO ORÇAMENTISTA
Lançar índices em uma composição de preço requer profundos conhecimentos de regra de três. Teste suas possibilidades (sem a calculadora):
Uma lata de spray dá para pintar uma superfície com 3 m². Uma letra grande ocupa uma área de 0,5 m². Quantas letras grandes poderão ser pintadas com 3 latas de spray?
  DEU NA INTERNET
Contrate e promova primeiro com base na integridade; segundo, na motivação; terceiro, na capacidade; quarto, na compreensão; quinto, no conhecimento; e, por último, como fator menos importante, na experiência. Sem integridade, a motivação é perigosa; sem motivação, a capacidade é impotente; sem capacidade, a compreensão é limitada; sem compreensão, o conhecimento é insignificante; sem conhecimento, a experiência é cega. Uma pessoas com todas as outras qualidades, adquire facilmente e coloca rapidamente em prática a experiência.
 - Dee Hock

A arquitetura é a arte que dispõe e adorna de tal forma as construções erguidas pelo homem, para qualquer uso, que vê-las pode contribuir para sua saúde mental, poder e prazer.
- John Ruskin
  ALTO VOLUME
UM POUCO DE NÓS

Não tento dançar melhor do que ninguém. Tento apenas dançar melhor do que eu mesmo.
- Mikhail Baryshnikov

A necessidade de agir rápido e encurtar caminhos é opção obrigatória, mesmo no campo da psicologia, quando se pretende formar equipe eficiente e se está lidando com grande quantidade de gente.
Observando que a Competência é uma propriedade ligada muito mais à pessoa que ao profissional, ou seja, não há muita possibilidade do indivíduo não competente ser um bom profissional, resumimos, encurtando conversa e em outra direção, que o mal-educado só é assim por incompetência.
A premissa sendo checada, e não encontrando exceções, acabou tornando-se Regra: não há malcriado competente e vice-versa.
Como nada é perene, entretanto, começa cair de moda dentro das empresas, o costume de se desejar bom-dia ao colega de trabalho e vem desbancando nossa Lei a quantidade de gente que pratica esta, ainda, malcriação.
Ou é a Competência que está se rarefazendo?
corrija-nos...
  PIADA DA QUINZENA  CURIOSIDADES

(...a propósito do novo nome do Pimpão2000)

NO CARTÓRIO

Com cara de aborrecido, chega o sujeito ao cartório e, bastante sério, pede ao amanuense: - Senhor, vim aqui porque estou muito insatisfeito com meu nome e gostaria de mudá-lo. Seria possível o senhor fazer isto por mim?
- Ora meu senhor, o cartorário ainda mais sério, nome é coisa que não se muda. Não gostamos de fazer isto e nem é muito permitido. Aliás é até meio sacrílego. Pode dar azar... Mas, como é mesmo seu nome? - É que eu me chamo João Bosta, Sr. Oficial.
- Ora, por quê não disse antes? Neste caso poderemos abrir-lhe uma exceção. Faço-lhe com todo prazer. Diga-me Sr. João Bosta, como gostaria então de ser chamado?
Este, já com o peito estufado dos vitoriosos, fita nos olhos do oficial e responde:
- Eu quero me chamar é Manuel Bosta.


HÁ 50 ANOS...

TABELA DAS DESPESAS PARA ADMINISTRAÇÃO, RISCOS E LUCRO BRUTO
Escritório técnico ... 2,0%
Guarda-livros ... 2,0%
Medições–fatur. ... 1,5%
Impostos e selos ... 5,0%
Aluguel, telefone, limpeza, Amortiz. etc. ... 2,0%
Lucro bruto (inclusive o trabalho do chefe) ... 7,5%
Soma ... 20%


PENSAMENTO

Nada é mais importante do que criar um ambiente no qual as pessoas sintam que fazem uma diferença. Não há como se sentir bem em relação ao que você está fazendo sem acreditar que está fazendo uma diferença. - Jack Stack

  SÉCULO XVII
  CURIOSIDADES DA MÚSICA  COMPOSITORES FALAM DE COMPOSITORES


* A unificação política da Itália fez de Verdi um verdadeiro heroi nacional, devido aos temas nacionais que empregou em sua obra. Suas ardentes e empolgantes melodias eram como hinos e bandeiras agitadas pelo povo na luta pela reunificação. Foi deputado e senador.
Apesar de todos os triunfos, Verdi permaneceu humilde e modesto, vivendo sempre no campo. Ao morrer deixou sua fortuna para a fundação de um asilo para músicos.
A Ópera é, por todos os títulos, o mais popular gênero musical do mundo. A grande Biblioteca do Congresso de Washington tem arquivado os nomes de 42 mil óperas escritas. Muitas, entretanto, nunca viram os palcos.


* Sobre Rossini
"Eu sempre soube que Rossini era preguiçoso."
Donizetti, em comentário brincalhão, ao saber que Rossini havia escrito O Barbeiro de Sevilha em 13 dias. Afinal, Donizetti escrevia suas óperas em 10 dias!

* Sobre Beethoven
Em um famoso encontro em Viena, na primavera de 1787, Beethoven, então com 16 anos veio tocar diante de Mozart. Ao ouvir as improvisações de Beethoven sobre o tema das Bodas de Fígaro, disse Mozart:
"Figuem de olho nele: um dia ele fará o mundo falar dele."

* Sobre Mendelssohn
"É o homem mais eminente... um diamante caído do céu, a natureza de artista mais cultivada da época.
- Schumann.

  NOSSOS PARCEIROS
  ERGONOMIA, QUALIDADE E SEGURANÇA DO TRABALHO
 
ESTRATÉGIA COMPETITIVA PARA PRODUTIVIDADE DA EMPRESA

Prof. Carlos Maurício Duque dos Santos
Mestre e Doutorando em Ergonomia pela Escola Politécnica da USP em Engenharia de Produção.
Professor de Ergonomia da UNIP-Universidade Paulista nos Cursos de Pós-Graduação em Engenharia de Segurança do Trabalho e Engenharia de Produção.
Diretor da ABRAPHISET e Consultor de Empresas na Implantação de Programas de Ergonomia para Prevenção das LER/DORT e melhorias da Qualidade de Vida no Trabalho (QVT).
 mauricioduque@uol.com.br

PARTE 1/3

1. INTRODUÇÃO
As mudanças tecnológicas e as novas técnicas de gestão dos negócios, tem causado várias alterações nos métodos e processos de produção. Para acompanhar estas mudanças, é necessário proporcionar aos funcionários/colaboradores condições adequadas para que estes possam exercer suas tarefas e atividades com conforto e segurança. Desta forma, é necessário projetar o posto de trabalho e, organizar o sistema de produção com concepção ergonômica.
Tendo como premissa que a conquista da qualidade dos produtos ou serviços e, o aumento da produtividade, só será possível com a qualidade de vida no trabalho, o projeto ergonômico do posto de trabalho e do sistema de produção não é mais apenas uma necessidade de conforto e segurança, e sim, uma estratégia para a empresa sobreviver no mundo globalizado.
Os profissionais de Segurança e Medicina do Trabalho, (engenheiros de segurança do trabalho, médicos do trabalho, técnicos de segurança, enfermeiros do trabalho e higienistas ocupacionais ), devem estar plenamente conscientes, capacitados e habilitados para utilizarem a Tecnologia Ergonômica em toda a sua plenitude (multidisciplinaridade e abrangência), para proporcionar as organizações empresarias e governamentais, meios de adequar ergonomicamente as condições de trabalho, como forma de proporcionar qualidade de vida no trabalho tanto em ambientes industriais, quanto em ambientes administrativos.
Neste artigo procuramos mostrar a história e evolução da ergonomia, a importância da ergonomia nos dias atuais e no futuro, bem como, a evolução dos enfoques ergonômicos dos projetos de postos de trabalho, e também, a abrangência específica de cada projeto com seu respectivo enfoque.

2. CONSIDERAÇÕES GERAIS
Tendo em vista o processo de desenvolvimento pelo qual passa os setores industrial e de serviços em nosso país com o processo de automação e informatização, a adequação ergonômica dos postos de trabalho e do sistema de produção são necessidades imediatas.
Com o processo de globalização que estamos vivenciando, a empresa para sobreviver precisa tornar-se competitiva, portanto é necessário que ela modernize seus recursos técnicos (máquinas, equipamentos, ferramentas métodos e processos de produção), qualifique e capacite seus recursos humanos ( funcionários / colaboradores) e proporcione boas condições de trabalho aos mesmos.
A produtividade e a qualidade do produto ou do serviço, está diretamente ligada ao posto de trabalho e ao sistema produtivo, e estes, deverão estar ergonomicamente adequados aos funcionários / colaboradores, para que estes possam realizar suas tarefas com conforto, eficiência e eficácia, sem causar danos a saúde física, psicológica e cognitiva.
Tendo como premissas que os profissionais da Segurança e Medicina do Trabalho, são os responsáveis pela gestão da qualidade de vida dos funcionários / colaboradores de uma empresa, portanto, devem interagir e integrar com os profissionais da gestão da produção e da gestão administrativa, para juntos vencerem os desafios do presente e planejar o futuro das organizações.
O futuro das organizações dependerá cada vez mais da criatividade e da participação dos funcionários/colaboradores na solução dos problemas e, isto só será possível, se o ambiente de trabalho estiver ergonomicamente adequado.
O que temos observado na maioria das empresas brasileiras, especialmente as empresas do setor industrial, é um total descaso para com as condições de trabalho e, consequentemente, com a qualidade de vida dos funcionários / colaboradores.
Somente em algumas empresas multinacionais ou transnacionais como estão sendo denominadas atualmente e, em algumas grandes empresas nacionais, a Ergonomia esta sendo utilizada como ferramenta para melhorar a eficiência e eficácia dos funcionários / colaboradores nos postos de trabalho.
Vale salientar que a questão ergonômica em uma empresa não se restringe a realizar a Análise Ergonômica para atender a NR-17 de Ergonomia do Ministério do Trabalho, como muitos profissionais da área de Segurança e Medicina do Trabalho acreditam e conhecem e, muito menos, restrita a prevenção das LER/DORT.
A percepção restritiva e obtusa em relação ao caráter multidisciplinar da Ergonomia pode ter contribuido ( ou ainda estar contribuindo ) para que muitos profissionais de Segurança e Medicina do Trabalho tenham ficado relegados em segundo plano em suas empresas, para as quais, os SESMETS não passam de centros de despesas e custos, portanto, não recebem investimentos e inovações.
Em nossa opinião, os profissionais de Saúde e Segurança do Trabalho, necessitam conhecer melhor a ciência Ergonomia, e utilizar os recursos da Tecnologia Ergonômica em suas empresas, não só para proporcionar melhores condições de trabalho, mas também, contribuir para melhoria contínua dos novos métodos de gestão da produção e da gestão administrativa.
A Ergonomia deve estar presente nas mais diversas áreas da empresa, especialmente nos SESMETS e deverá estar interagindo e se integrando na Gestão da Qualidade, pois a busca da Qualidade Total, passa necessariamente pela Qualidade de Vida no Trabalho.

... continua no próximo número,
ou então, leia o texto completo no site do Professor:
www.dcaergonomia.com.br

NO AR

EXPURGO DO FGTS
Os expurgos serão pagos, corrigidos, a todos os trabalhadores que possuíam saldo na conta do FGTS no período de 01 de dezembro de 1988 a 28 de fevereiro de 1989 ou durante o mês de abril de 1990.
Todas as contas existentes na época dos planos serão corrigidas e pagas a partir de junho de 2002, desde que façam sua adesão
Os porcentuais de correção serão de 16,64% do Plano Verão (janeiro de 1989) sobre os saldos das contas mantidas em 01 de dezembro de 1988 (deduzidos os saques efetuados entre 02/12/1988 e 28/02/1989); e de 44,80% do Plano Collor I (abril de 1990) sobre os saldos das contas vinculadas mantidos em 01 de abril de 1990 (deduzidos os saques efetuados entre 02/04/1990 e 30/04/1990).
A Caixa Econômica Federal tem até abril de 2002 para enviar os extratos para a sua casa.
Nesses extratos, todas as contas vinculadas estarão discriminadas. Será necessário manter o seu endereço atualizado para que a correspondência chegue em sua casa.
Procure a Caixa e atualize seu cadastro ou então faça isso no próprio formulário do Termo de Adesão, que está disponível nas agências da Caixa, casas lotéricas e internet.
Os créditos deverão ser feitos na conta vinculada do FGTS. Caso você já tenha efetuado saque na sua conta, o depósito será feito em uma conta corrente bancária indicada por você no Termo de Adesão.
Os pagamentos serão liberados de acordo com o valor total ao qual você tem direito a receber, conforme tabela disponível no site.
O Termo de Adesão deverá ser entregue até o último dia do mês que antecede o mês de pagamento da primeira parcela.
Comente nossas matérias, ou envie-nos seus textos
todo o site
EngWhere Orçamentos Ltda ® - Todos os direitos reservados