Revista EngWhere
Revista EngWhere
  • A+
  • A-
  • Reset
ORÇAMENTOS, PLANEJAMENTOS E CANTEIROS DE OBRAS
01/12/2001 - Ano 01 - Nº 02

"Para destruir, aniquilar definitivamente um homem, infligir-lhe as punições mais terríveis, diante das quais o assassino mais feroz tremeria de pavor, basta apenas lhe atribuir um trabalho de caráter total e inteiramente inútil e irracional." - Fiódor Dostoiévski

  OBRA DIGITAL   DICAS

O A-B-C- DO RECÉM-FORMADO

Lembre-se, mesmo para seu consolo, que quem sabe faz, quem não sabe ensina e assuma o seu papel. No final tudo dará certo e se não está certo é porque não chegou o final (Fernando Sabino, de memória). A humildade, franqueza e vontade de aprender são suficientes para colocá-lo à frente de muita gente que se diz entendida (todas suspeitas já que quem sabe mesmo não diz, ou melhor, com o tempo descobrimos é cada vez mais nossa própria ignorância). Dica: ouvindo se aprende mais que falando.

ALVENARIA APARENTE
Os blocos aparentes deverão ser adquiridos sempre de um mesmo fornecedor para se evitar diferentes colorações na parede acabada. Em um mesmo pano não se pode misturar fornadas. Da mesma forma o cimento, que deverá ter sempre a mesma marca. Em menor grau, a alvenaria não aparente irá também requerer o mesmo fornecedor dos tijolos para se evitar diferença de bitolas.

BIN
Osama, que é o 17º filho dos 52 que o magnata do setor de construção civil Mohammed Bin Oud Bin Laden conseguiu pôr no mundo e que, a exemplo do pai, criou empresas nas áreas de construção, navegação e criação de camelos, é talvez o único rico idealista do universo.
Passa-se ultimamente por Engenheiro Especialista em Implosão, entretanto, estudos realizados em nossa redação, e que revelamos com exclusividade, comprovam que o mesmo não vai além de reles incendiário.
O desabe integral, preciso e retiforme das torres teria surpreendido, ou assustado, o próprio terrorista, pois prever aquilo não seria tarefa fácil nem aos engenheiros mais experientes em implosão controlada[sic], mesmo depois de intrincados estudos de suas estruturas, e de seu porte.
Nossos estudos deduziram ainda que as últimas palavras dos pilotos nas caixas-pretas, imediatamente antes dos abalroamentos, não poderiam ter sido outras que não, aos gritos, al-llah, e indicaram pistas seguras do paradeiro do terrorista.
Na última vez que tivemos com um destes peritos, passamos 3 dias em um boteco para comemorar o sucesso (?) da implosão de um prédio de 3 pavimentos, ou seja, 1 dia por pavimento. De posse destes nossos índices acreditamos que não será difícil para o Departamento de Inteligência americano deduzir onde encontrará Laden durante os próximos anos.

CACHIMBO
O cachimbo a que nos referimos é o oficial (carpinteiro, pedreiro ou armador) que acumula suas funções com as de líder de uma pequena turma. Aspira tornar-se feitor (ou encarregado, a nomenclatura varia com a obra) e proporciona grande economia já que, além de produzir mais que a média, evita a contratação de um Chefe de Turma, cujas funções se restringem à coordenação. Um plano de promoção e salário deve ser pensado e concretizado para estes funcionários juntamente com os meia-colheres.


CÁLCULOS ESTRUTURAIS
A matéria, e todas as suas derivações, não deve ser gabada em obra. Caso queira impressionar com seus conhecimentos, utilize o que aprendeu do primário até no máximo o vestibular.

CHEFIA
É bom já ir sabendo que uma das boas coisas da vida é falar mal do Chefe. Portanto prepare-se para deliciar-se e incentivar os faladores, ainda que o personagem principal da história seja justamente você.

CONCRETO
O concreto agüenta muito desaforo – Mestre Mazarollo.

CONFERINDO A MADEIRA
As tábuas e pontaletes que chegam à obra, deverão sempre ser medidas uma a uma, e conferidos os quantitativos do romaneio que acompanha a Nota Fiscal, por mais confiável que seja o fornecedor. Seus valores, entretanto, nunca irão coincidir, e nem ficar acima, devido às medidas tomadas grosseiramente.

CURVA A-B-C
Uma relação de preços qualquer, como de insumos, ou de serviços, quando disposta do item de maior valor para o item de menor valor, irá lhe propiciar outra visão do todo. Poderá fazer com que ganhe tempo, estudando apenas os itens mais significativos e ajudar na deteção de eventuais erros nos itens com valores excessivamente baixos. Nos orçamentos de obras a Curva A-B-C é fundamental.

DESPERDÍCIO
Se de cada carrinho de concreto, entre carga, transporte, lançamento e vibração, for perdido o volume de um copo tipo americano, com britas que se desprendem, transbordamentos, nata que vaza durante a vibração, trombadas, capotamentos, etc., ao final de uma concretagem de 300 m³ terá sido jogado ao lixo o correspondente a 10 dias de salário de 1 Ajudante Concreteiro.

DICIONÁRIO DA OBRA
Não ponha os pés em uma obra sem antes saber o significado exato do palavreado que lá é utilizado. Saiba com exatidão o significado de apicoado, barrote, boleado, cavilha, cinzas volantes, perna-manca (Norte), prumada, saibro, sarrafo, seixo rolado, etc. e para dar ar de doutor, também termos portugueses como contraplacado, patine, peanha, etc. Estes dicionários encontram-se aos montes na Internet.

ATENÇÃO: se você não é estagiário, nem recém-formado, ajude-nos a orientá-los, ou apavorá-los, mandando-nos suas dicas.

O CALDO

O Inseguro termina seu orçamento e, sem muito acreditar em seus resultados ou sentindo-se no direito de dormir tranqüilo, acrescenta uns 10% a 20% a mais nos resultados.
Já o Superconfiante, valorizando o poder de suas posteriores negociações, ou de seu desempenho durante a execução da obra, reduz as contas em semelhantes percentuais.

Lembrando que entre as Taxas do BDI existe o campo Taxa de Risco, calculável, e o que se está fazendo não é sonoterapia ou preparando macarronada,  o "caldo" é expressamente proibido ao Orçamentista.
  VOCÊ SABIA...
O Rodoanel, que irá contornar São Paulo interligando todas as rodovias que passam pela cidade, com a intenção de facilitar o trânsito de passagem das Marginais Tietê e Pinheiros, terá 162 km de extensão interligando todas as 16 rodovias que cortam a cidade dando acesso somente aos motoristas que estiverem em uma destas estradas e será fechado para o tráfego local, modificando a logística da cidade, O custo total da obra está estimado em R$ 3,2 bilhões, e o termino das obras previsto para o segundo semestre de 2005.

A capacidade instalada (potência) de Itaipu é de 12.600 megawatts. São 18 unidades geradoras de 700 megawatts cada uma. Outras duas unidades devem ser instaladas nos próximos anos (pela previsão, já no primeiro semestre de 2004), elevando a capacidade instalada para 14.000 MW. A produção de Itaipu em 2000 atendeu quase um quarto (mais exatamente 24,25%) da demanda por energia elétrica no Brasil e por 93,57% da energia elétrica consumida no Paraguai.
O custo foi de aproximadamente US$ 1.000 por MW instalado, chegando portanto próximo a US$ 12 bilhões. O valor atualizado, com os juros e a inflação em dólar durante o período, é de cerca de US$ 16 bilhões. A dívida está agora exclusivamente com a Eletrobrás, que recebe de Itaipu e quita os financiamentos internos e externos.
Estudos geológicos apontam sua vida útil em no mínimo 200 anos.
  AMENIDADES
UMA VERDADE ETERNA E OUTRA NEM TANTO...

Veja, se Eu o enviar para dormir no meio dos lobos, seja esperto como as serpentes e inofensivo como os pombos. (Jesus de Nazaré)

O trabalho é o médico da natureza e é essencial à felicidade humana. (Galeno, meio superado)
  AGENDA, MEMOS & CI's

PARCERIAS FIRMADAS NA QUINZENA

Alvenaria estrutural
CAD-Home Page
CIVIL.ENG.BR
ProcuraSite!

PARTICIPE DA REVISTA ENGWHERE

  • Envie-nos seus textos, artigos, comentários, dicas, notícias, novidades e experiência, para inserção nas próximas edições da Revista.
  • Envie cópia deste exemplar a outros profissionais e amplie nossa comunidade. 
  ALTO VOLUME

OBRA ATRASADA OU ANTECIPADA?

Projetada no ano 1502 com 240m de extensão para ser construída em Istambul, a obra foi inaugurada neste 31/10, com 100m, na Noruega, por iniciativa do artista Vebjoern Sand, que convenceu as autoridades de seu país a levar o projeto adiante. Foi considerada irrealizável na época. Se tivesse sido feita seria a maior ponte do mundo.
De concepção futurística, a obra prenuncia o que estarão construindo os engenheiros e arquitetos no próximo século.
O Projetista, o célebre mestre italiano Leonardo da Vinci (1452-1519) e um dos maiores nomes da história da humanidade, tem ainda muitos outros projetos engavetados. Talvez por estarem também meio fora de época.

Ponte projetada por Da Vinci é inaugurada 500 anos mais tarde
(Matéria sugerida pelo Engº Eneber)
  PIADA DA QUINZENA   CURIOSIDADES

A ÉGUA BAIA
O fazendeiro acabara de ganhar uma égua baia muito vistosa e estava orgulhoso com o mimo. Sua primeira idéia foi a de cruzar sua égua com aquele cavalo alazão do vizinho, que há muito tempo ele estava de olho.
Imaginando quão bela cria não iria resultar do acasalamento decidiu se pôr logo na estrada em direção à fazenda do vizinho para a empreitada.
Muito zeloso de seu animal preferiu nem montá-lo e a pé foi conduzindo a égua pelo cabresto. Não demoraria muito a chegar.
No meio do caminho começaram-lhe a vir à cabeça, umas antigas idéias que fazia de seu vizinho:
- Aquele vizinho irá criar caso e dificultar as coisas. Irá inventar umas desculpas mais esfarrapadas para valorizar seu cavalo. Não pode por causa disto, não pode por causa daquilo... conheço bem o tipo. É isto mesmo, irá querer dizer mal de minha égua.
E assim, já meio desanimado, foi que de longe avistou o vizinho em frente a casa, e justamente escovando seu cavalo. Mais nervoso ainda foi ficando e enquanto se aproximava ia dizendo por entre os dentes:
- Certamente que ele não vai permitir. Quer ver só: vai falar que o cavalo está doente. Vê se um cavalo deste poderia estar doente. Se inventar que minha égua poderá estar com AIDs, dou-lhe um tiro na testa.
E, todo estabanado, sem dar tempo aos cumprimentos foi despejando à queima-bucha ao vizinho assustado:
- Aqui ó, cê quer saber de uma coisa? Enfia este cavalo no ...
E voltou bufando de raiva pela mesma estrada.


HÁ 50 ANOS...
Capacidade de diversos recipientes e pesos de materiais:

1 carrinho de mão      ... 0,05m³
1 carroça com 1 burro ... 0,50m³
1 caminhão de 5 t      ... 4,00m³
1 lata                       ... 0,02m³
1 tijolo comum 10,5x22x5,5
                               ... 2,10 kg

PENSAMENTO
A economia emergente baseia-se no conhecimento, na imaginação, na curiosidade e no talento. E se pudéssemos aprender a explorar as ricas e maravilhosas diferenças entre as pessoas? Uma empresa capaz de explorar a singularidade de cada um de seus mil funcionários (ou 10 ou 10 mil) seria extremamente poderosa? De forma negativa, uma empresa que não descobre como usar as curiosidades especiais de seu pessoal não estará fadada a ter problemas? - Tom Peters


PARODIANDO O BARÃO

Engenheira moderna calça as botas e bota as calças.

  SÉCULO XVII
  CURIOSIDADES DA MÚSICA  COMPOSITORES FALAM DE COMPOSITORES


 * "Este ser maligno, de origem alemã, desprovido de elegância, delicadeza e decoro, é uma prática repugnante."
Assim a valsa (este ser malígno - considerada alemã) foi recebida pela imprensa inglesa. E Johann Strauss pai, o primeiro grande compositor da dança maldita ou "uma claríssima demonstração de imoralidade".

* Berlioz, um compositor refinado e exigente, se queixava: "Para os italianos, a música é um prazer sensual e nada mais. Sentem por esta nobre expressão da mente o mesmo respeito que sentem pela arte da cozinha. Desejam uma partitura que, como um prato de macarrão, possa ser assimilada imediatamente, sem que se vejam obrigados a pensar muito no assunto, ou até mesmo a prestar atenção." Estava se referindo a obras como O Barbeiro de Sevilha, de Rossini, O Elixir do Amor, de Donizetti, ou Norma, de Bellini, que até hoje arrebatam platéias pelo mundo afora.

* "Meus ouvidos têm um zumbido, dia e noite. Posso dizer que estou tendo uma vida desgraçada, porque não posso contar às pessoas que estou ficando surdo. Só para que você tenha uma idéia dessa surdez singular, devo dizer que no teatro preciso me aproximar muito da orquestra para compreender o ator. Se me afasto um pouco, não consigo escutar as notas altas dos instrumentos e dos cantores, e se me afasto um pouquinho mais não ouço absolutamente nada. Consigo, volta e meia, ouvir uma conversa em voz baixa, mas não entendo as palavras, e se alguém grita a sensação é insuportável." Beethoven, em carta a um amigo.


*** Sobre CHOPIN
"Nenhum músico da nossa época propôs algo verdadeiramente novo e próprio, salvo Chopin."
- Shumann.

"Tiremos o chapéu, meus senhores, um gênio!"
- Schumann, após ouvir as Variações sobre o tema de Mozart "La ci darem la mano", para piano e orquestra em si bemol maior - Op.2 - (1827).

"Os aplausos redobrados não bastavam para o nosso encanto diante desse talento revelador de uma nova fase no sentimento poético e de tão felizes inovações na forma de sua arte."
- Liszt, idem.

"Ajoelhamo-nos diante daquele que traz a marca do gênio, mas dedicamos íntima venereção àqueles que, como Chopin, só se utilizam desse dom para dar vida e expressão aos mais belos e nobres sentimentos."
- Liszt, em carta

*** Sobre Haydn
"Com ele, aprendi a escrever quartetos."
- Mozart.

*** Sobre Bramhs
"Trata-se, provavelmente, do começo da estrutura polirrítmica de muitas partituras contemporâneas."
- Arnold Schoenberg, ao analisar os fragmentos nos quais surge a mistura de ritmos, em peças que Brahms escreveu para piano, de dificílima execução.

*** Sobre Beethoven
"Um pesadelo para todos os compositores que vieram depois de Beethoven."- Debussy, classificando a Nona Sinfonia.

  NOSSOS PARCEIROS
  ERGONOMIA, QUALIDADE E SEGURANÇA DO TRABALHO

ESTRATÉGIA COMPETITIVA PARA PRODUTIVIDADE DA EMPRESA

Prof. Carlos Maurício Duque dos Santos
Mestre e Doutorando em Ergonomia pela Escola Politécnica da USP em Engenharia de Produção.
Professor de Ergonomia da UNIP-Universidade Paulista nos Cursos de Pós-Graduação em Engenharia de Segurança do Trabalho e Engenharia de Produção.
Diretor da ABRAPHISET e Consultor de Empresas na Implantação de Programas de Ergonomia para Prevenção das LER/DORT e melhorias da Qualidade de Vida no Trabalho (QVT).
mauricioduque@uol.com.br

PARTE 2/3

3. BREVE HISTÓRICO DA CONCEPÇÃO ERGONÔMICA DE POSTO DE TRABALHO

Historicamente o projeto do posto de trabalho surgiu antes da Ergonomia, ou seja, surgiu com o trabalho, e este, como sabemos, é tão antigo quanto a humanidade.
A Ergonomia como ciência teve suas origens em estudos e pesquisas na área da Fisiologia do Trabalho, mais especificamente na fadiga e no consumo energético provocado pelo trabalho. Estes estudos tiveram como objetivo diagnosticar os problemas que causavam a fadiga no trabalho e, consequentemente, procurar soluções que pudessem eliminar e / ou minimizar a fadiga no trabalho.
Na Inglaterra, durante a I Guerra Mundial ( 1914 à 1917), fisiologistas e psicólogos foram chamados para colaborar no setor industrial, como recurso para aumentar a produção de armamentos com a criação da Comissão de Saúde dos Trabalhadores na Indústria de Munições, em 1915. Com o fim da guerra, esta comissão foi transformada no Instituto de Pesquisa da Fadiga Industrial, que, por sua vez, realizou diversas pesquisas sobre o problema da fadiga na indústria.
Em 1929, com a reformulação do Instituto de Pesquisa da Fadiga Industrial, que se passou a chamar Instituto de Pesquisa Sobre Saúde no Trabalho, o campo de atuação e abrangência das pesquisas em Ergonomia foi ampliado. Nele foram realizados pesquisas sobre posturas no trabalho e suas conseqüências, carga manual e esforço físico, seleção e treinamento de trabalhadores, bem como, foram analisados as conseqüências das condições ambientais ( iluminação, ventilação e etc.) na saúde e no desempenho do indivíduo no trabalho, delineando deste então a necessidade de agregação de conhecimentos interdisciplinares ao estudo do trabalho.
Na II Guerra Mundial ( 1939 à 1945 ), com a utilização de equipamentos e instrumentos bélicos, de concepção complexa e de alta tecnologia, exigia dos operadores habilidades acima de suas capacidades e em condições ambientais desfavoráveis e tensas no campo de batalha.
Em função do elevado número de problemas encontrados decorrentes da inadequação ergonômica nos projetos de design dos equipamentos, instrumentos, painéis e consoles de operação, os esforços foram redobrados para adequar estes produtos as necessidades operacionais, a capacidade e limitações dos usuários (pilotos, controladores e operadores), objetivando a melhoria no desempenho, redução da fadiga e dos acidentes.
Nascia ai as primeiras aplicações práticas da ergonomia na concepção de projetos de design de produtos e postos de trabalho.
O projeto de design do posto de trabalho torna-se ergonômico na medida em que os conhecimentos científicos relativos ao homem são utilizados na concepção do projeto de design, com vistas a reduzir a fadiga física, facilitar a operação dos equipamentos e instrumentos, proporcionar segurança, eficiência e eficácia.
Nos dias atuais o que estamos percebendo é que a maioria dos problemas ergonômicos estão exatamente onde sempre estiveram, ou seja, no projeto das máquinas, dos equipamentos, das ferramentas, do mobiliário e do posto de trabalho e, evidentemente, agravados pelas inadequações relativas a organização do trabalho.
Desta forma, se não houver a adaptação ergonômica do projeto do posto de trabalho os problemas ergonômicos continuarão a existir. Estes problemas podem ser minimizados com ações paleativas ( ginástica laborativa, pausas durante a jornada de trabalho, redução da jornada de trabalho, rotatividade de tarefas e etc. ), mas, jamais eliminados em sua totalidade, pois com estas ações, não se combate a causa, e sim o efeito. Por este motivo, é que se deve aplicar os conhecimentos ergonômicos na concepção do projeto dos postos de trabalho, das máquinas, das ferramentas, do mobiliário e, até mesmo no planejamento da organização do trabalho.

4. ERGODESIGN: O PROJETO ERGONÔMICO DO POSTO DE TRABALHO

  • Posto de Trabalho: é definido como a menor unidade produtiva em um sistema de produção. O posto de trabalho envolve o homem, seu local de trabalho, e toda ajuda material que o indivíduo necessita para realizar suas tarefas, abrangendo: máquinas, ferramentas, equipamentos, mobiliário, softwares, sistemas de proteção e segurança, EPIs e o próprio sistema de produção. O projeto do posto de trabalho tem basicamente dois enfoques historicamente conhecidos; o enfoque taylorista e o enfoque ergonômico tradicional e, com o advento da automação, informatização e dos novos sistemas de gestão dos negócios, estamos conceituando neste artigo o enfoque ergonômico global. A seguir apresentamos a definição e a abrangência dos enfoques ergonômicos dos postos de trabalho:
  • Enfoque Taylorista: é baseado no estudo dos movimentos corporais para realizar uma tarefa e no tempo gasto em cada um desses movimentos. O melhor método de trabalho é escolhido pelo menor tempo consumido na realização das tarefas. O enfoque taylorista não leva em consideração as características físicas e psicológicas dos usuários / operadores, muito menos, as necessidades individuais dos mesmos.
  • Enfoque Ergonômico Tradicional: é baseado no princípio da redução das exigências biomecânicas no intuito de minimizar a fadiga física, ou seja, leva em consideração os limites e capacidades do indivíduo do ponto de vista da biomecânica ocupacional e, as características antropométricas dos usuários / operadores. No enfoque ergonômico tradicional, o posto de trabalho é considerado um prolongamento do corpo humano, visto que este trata apenas dos fatores físicos do posto de trabalho. O enfoque ergonômico tradicional é aplicado na concepção e/ou adaptação de postos de trabalhos tradicionais.
  • O Enfoque Ergonômico Global: segue os mesmos princípios do enfoque ergonômico tradicional, abrangendo ainda os aspectos psicológicos e cognitivos do indivíduo, bem como, os sistemas de produção ( incluindo os hardwares e softwares).

No enfoque ergonômico global, o posto de trabalho é considerado um prolongamento do corpo e da mente humana, pois trata além dos fatores físicos do posto de trabalho, os aspectos cognitivos ( na interface homem x máquina e processo de produção ), bem como, as relações pessoais e motivacionais no ambiente de trabalho. O enfoque ergonômico global é aplicado na concepção e / ou adaptação de postos de trabalho e/ou ambientes de trabalho informatizados e automatizados em ambientes industriais e administrativos.

... continua no próximo número,
ou então, leia o texto completo no site do Professor:
www.dcaergonomia.com.br

Comente nossas matérias, ou envie-nos seus textos
todo o site
EngWhere Orçamentos Ltda ® - Todos os direitos reservados