Revista EngWhereEngenharia, Arquitetura e Construção de Obra

Você está aqui:

Revista EngWhere
Revista EngWhere
  • A+
  • A-
  • Reset

ORÇAMENTOS, PLANEJAMENTOS E CANTEIROS DE OBRAS

Revista EngWhere
    Ano 05 • nº 55 • 15/08/06
Nesta Edição

Amenidades: Picles na Salada
Marketing Empresarial: O Segredo do Sucesso
Amizade: Amizade "Animal"

O roteiro dos orçamentos com o EngWhere é igualzinho ao dos orçamentos manuais:
* Atualize os preços dos insumos com o Armazém Geral;
* Transfira composições entre bancos de dados com o Intercambiar CPUs;
* Lance os quantitativos e dê os últimos retoques com o Lamber a Cria.
Bem, nem tudo ficou tão igual, mas, acreditamos, melhoraram muito!


EngWhere Orçamentos
O Software do Engenheiro


Preço da Versão Profissional: R$ 220,00 (com direito a 50% de desconto na compra dos demais produtos EngWhere).
Softwares feitos sob encomenda para você!

  Amenidades . SOCIAIS

Picles na Salada

· Futurologia
A tendência em administração de obra não seria voltar aos tempos antigos?
O tocador de obra do futuro será o dedicado Mestre de Obra, os almoxarifes serão substituídos por robustos e menos problemáticos cadeados de 2” e os engenheiros permanecerão no escritório (fuçando no computador e evitando dar muitos palpites)...

· Tarefa múltipla
Com as difíceis e magníficas missões de construir o mundo, melhorar a vida das pessoas, bolar a moradia barata para quem não tem teto, participar do desenvolvimento das nações, e muito e muito mais, não se sabe como alguns ditos-cujos ainda arranjam tempo para puxar tanto o saco, atazanar a vida das pessoas, preocupar tanto com seus empreguinhos e emporcalhar a... Deixa pra lá.

· Você sabia...
Foi o uso da energia eólica que permitiu que Jan Leegwater e os engenheiros holandeses seguintes pudessem drenar as terras úmidas da Holanda, tornando-as habitáveis. Os moinhos europeus foram empregados ainda para serrar madeira, rasgar tabaco em tiras, fabricar papel, espremer linhaça para obter óleo e triturar pedras para conseguir tinta. Os 700 moinhos construídos no distrito de Zaan, ao norte de Amsterdã, formaram o núcleo do que se tornou o centro da manufatura holandesa, uma área que acabou colaborando na deflagração da Revolução Industrial. (Encarta).

· Gato por lebre
Atenção escolas de engenharia: estão ensinando errado! Ser líder não é ser autoritário, e engenheiro de obra não é nenhuma autoridade. A matéria é outra e chama-se respeito. Para ser respeitado o engenheiro só precisa saber respeitar, e conhecer um pouquinho a matéria.

· Reciclagem
• A reciclagem de uma pilha de 91 cm de jornais pode salvar uma árvore.
• Não há limites para o número de vezes que o alumínio pode ser reciclado.
• As solas de sapato de borracha podem ser recicladas para fazer quadras de basquete e campos de futebol.
- Do Gmail.

· Anormalidades
Em 2001 a piada a seguir foi eleita por cientistas do primeiro mundo como a mais engraçada jamais contada (aqui inserida para ilustrar quanto nossas piadas, por mais desastradas, são mais inteligentes, e que, como nós, cientista que não tem o que fazer também diz muita baboseira): o detetive Sherlock Holmes e seu fiel escudeiro Watson foram acampar e armaram suas barracas sob as estrelas. Durante a noite, Holmes acorda seu amigo e diz: "Watson, olhe para as estrelas e me diga o que você deduz". Watson responde: "Vejo milhões de estrelas e mesmo que poucas delas tenham planetas é possível que alguns sejam como a Terra e tenham vida". Holmes replica: "Watson, seu idiota, se você está vendo as estrelas é porque alguém roubou nossa barraca".

· Rui atual!
"O mau professor gera os maus alunos; os maus alunos empobrecem as profissões intelectuais, estacam as fontes de renovação científica do país, condenam à infecundidade o serviço público, semeiam de analfabetos a medicina, a engenharia, o foro, o exército, perpetuam os hábitos de servidão moral do povo, educando-o no fatalismo da fortuna, habituando-o a pôr toda a sua confiança na proteção, ensinando-o a desprezar o trabalho."
Rui Barbosa - Trecho do artigo "Pobre Ensino Público".

Início

Palavras-chave

reciclagem, perda, construcao civil, programação, controle, custo de obra por m2, custo mão de obra pedreiro, modelo de cronograma físico financeiro, modelo de planejamento semanal
  Ênio Padilha . MARKETING EMPRESARIAL

O Segredo do Sucesso

Ênio Padilha
Engenheiro, escritor e palestrante.
Formado pela UFSC, em 1986, especializou-se em Marketing Empresarial na UFPR, em 1996/97.
Escreve regularmente e seus artigos são publicados, todas as semanas, em diversos jornais do país.
eniopadilha@uol.com.br

Pergunte a um empresário bem sucedido qual é o segredo do sucesso da sua empresa.

Ele certamente dirá que, em primeiro lugar, a qualidade do produto (mercadoria ou serviço) é muito boa, que o atendimento aos clientes é um ponto forte da empresa, que a capacidade de enxergar alternativas e nichos de mercado também são coisas que pesam muito. Isto sem falar na disposição para o trabalho duro, os sacrifícios enfrentados, a coragem, a flexibilidade, etc, etc, etc.

Agora pergunte aos concorrentes desse mesmo empresário o que eles acham. Quais são os ingredientes da receita de sucesso dele: você vai ouvir coisas como deslealdade comercial, falta de escrúpulos, produto ou serviço barato associado a baixa qualidade, sorte, corrupção, desonestidade, sonegação de impostos, propaganda enganosa e outras cobras e lagartos.

E daí? Daí que podemos concluir algumas coisas importantes: primeira: não se pode avaliar uma empresa a partir do que dela diz o seu proprietário; segundo: não se pode avaliar uma empresa pelo que dizem dela os seus principais concorrentes; terceiro: É praticamente impossível construir, em pouco tempo, uma empresa de sucesso baseada apenas na competência e no trabalho honesto.

Epa! Quer dizer, então, que todas as empresas de sucesso, tem, no fundo de algum armário, o esqueleto de alguma atividade desonesta?

Não, absolutamente. O que se quer dizer é que Qualidade, Bom Atendimento e Honestidade são atributos cujos resultados só se manifestam depois de muito tempo (cinco, dez, quinze anos). E que, nem toda contribuição extra profissional que uma empresa tem para o seu crescimento precisa ser, necessariamente, desonesta ou irregular.

Existem coisas imponderáveis que quase nunca são relacionadas por um empresário ao descrever as razões do sucesso de sua empresa.

Por exemplo: um cidadão casado com a filha do homem mais rico da região, dificilmente citará este “detalhe” para explicar o seu acesso fácil a linhas de crédito ou a parcerias comerciais lucrativas.

Da mesma forma, um empresário cuja empresa tenha como ponto de partida ou de sustentação uma herança recebida jamais vai enxergar nesse item alguma relevância, preferindo atribuir os resultados à sua determinação e competência.

Um cidadão cuja empresa é sustentada pela mão de obra (barata, sem impostos e sem causas trabalhistas) de meia dúzia de filhos e filhas também é capaz de acreditar que o crescimento da sua empresa se deve unicamente a qualidade do produto fabricado ou do serviço prestado.

O segredo do sucesso de uma empresa, portanto, não existe. O sucesso de uma empresa é o resultado de muitos fatores, alguns visíveis, outros nem tanto. Alguns perfeitamente controláveis, outros totalmente casuais. Alguns apenas circunstanciais, outros forçados. Alguns engrandecedores, outros indignos de serem mencionados.

Acreditar que a nossa empresa só se dá bem porque tem qualidade e bom atendimento é o mesmo que acreditar que o concorrente só se dá bem, porque é desonesto, inescrupulo e cínico.

Simplifica a questão, mas não acende as luzes sobre os verdadeiros caminhos e obstáculos.

Leia outros artigos no site do Especialista: http://www.eniopadilha.com.br

Início

 
 Agenda, Memos & CI's

Revista nº 54
Prezados Companheiros, sou muito grato por esses e-mail´s, tão significativos e interessantes pra minha vida profissional. Ainda agora que terei uma empresa em Goiás especializada em orçamento e planejamento de obras...
Favor continuem enviando, se puderem.....
Grato,
Sds,
Fabrício Henrique.
Goiás

-

Obrigado pelo e-mail e parabéns pelo trabalho dessa edição.
O artigo de dicas, truques e macetes para produção de obras foi muito interessante.
Sucessos...
Guilherme Toninato.
São Paulo

PARTICIPE DA REVISTA ENGWHERE
Envie-nos seus textos, artigos, comentários, dicas, notícias, novidades e experiência, para inserção nas próximas edições da Revista.
Envie cópia deste exemplar a outros profissionais e amplie nossa comunidade.
Se você recebeu essa edição de um amigo ou colega e ainda não é assinante da Revista EngWhere, então não perca mais tempo e assine já.
Se você gosta do nosso trabalho, por favor nos recomende para seus amigos e colegas.

Organize-se!
* BD *
* DO *
* BDI *
* GeeDoc *
* Caixinha *

Softwares profissionais a preço de CD
(em 1+2 vezes sem juros).
0**35 3535-1734
  Adilson Luiz Gonçalves . AMIZADE

Amizade "Animal"


Adilson Luiz Gonçalves

Engenheiro, Professor Universitário e Articulista.
algbr@ig.com.br

A amizade é uma das relações mais complexas do ser humano, pois envolve vários sentimentos: lealdade, camaradagem, respeito, solidariedade... Mas, se não houver reciprocidade, não é amizade!

Não se testa uma amizade! Não se cobra uma amizade! Não se abusa de uma amizade! Não se esnoba ou desdenha de uma amizade!

Um amigo não é somente aquele com quem podemos contar em qualquer circunstância: é também aquele para quem estamos disponíveis a qualquer hora. Também não é aquele que ouve nossos lamentos, compreensivo; nem o que aplaude, maravilhado, nossos sucessos. Amigo é, também, aquele cuja tristeza nos afeta e cuja felicidade nos satisfaz na mesma medida.

Amigo não é aquele que incentiva, tolera ou compartilha de nossos vícios e defeitos, mas aquele perante o qual nos sentimos impelidos e incentivados a corrigí-los.

Amizade não mede palavras, mas um amigo não as usa para ferir ou humilhar. Se isso ocorre, no entanto, ele não espera que o outro simplesmente o perdoe, mesmo que tenha certeza de que isso ocorrerá. Antes disso, se apressa em pedir desculpas e, mais que isso, procura não repetir o erro!

Ninguém é perfeito, apesar de alguns acreditarem piamente nisso.

Um amigo espera ser entendido, mas também procura entender! Considera um amigo como igual e não como um suporte ou como alguém que deve viver a sua sombra.

Tem gente que quer pessoas que lhes dêem apoio nos momentos de tristeza, que comemorem seus momentos de alegria, e que, sobretudo, não lhes dêem problemas. Ou seja, querem apenas fãs!

Só que amigo não é apenas aquele que nos segue para onde formos. É aquele com quem nos sentimos bem - e que se sente bem conosco - em qualquer lugar! É aquele que sabre brincar e receber uma brincadeira com o mesmo espírito.

Amizade dá a mão, quando preciso; mas, nunca impõe algemas. Amizade disponibiliza, não cobra. Amizade não se impõe, se merece. Amizade não tem tempo ou lugar.

Como diz Milton Nascimento: "Amigo é coisa pra se guardar do lado esquerdo do peito, dentro do coração, mesmo que o tempo e a distância digam não..."!

Amigo é bom como é, e não como queremos que seja. Também não é aquele que afirmamos conhecer bem. É quem buscamos conhecer cada vez melhor.

Quando alguém estipula "suas" condições para que uma amizade continue é porque se acha tão superior ao outro que este deve adaptar-se ao seu ego. Em suma, é porque já não existe mais amizade. Na verdade, talvez ela nunca tenha existido e fosse tão somente um instrumento: oportuno, momentâneo, descartável...

O fato é que a amizade tem muito de inexplicável, portanto, não faz sentido fazer "check list" ou analisar antecedentes sociais, financeiros, religiosos, raciais ou profissionais para definir se determinado indivíduo serve para ser amigo ou não. Amizade é coisa de pele e não de grife!

Assim, amizade é uma coisa muito séria! Não pode ser comprada nem condicionada! Se assim for, não é amizade: é interesse que se esgota quando o "amigo" não serve mais, quando não está mais "à altura"...

Coisa de amigo: "da onça", "urso", "cachorro"...

Ops! Peço perdão aos animais pela comparação imerecida.

Fones: (13) 32614929 / 97723538

Início

Distribuição
A Revista está sendo eventualmente publicada ou distribuída, parcial ou completa, também pelas seguintes Newsletters e Sites, em parceria:
Outdoor da Engenharia :: A sua biblioteca virtual de Engenharia Civil - 100% gratuita. Programas, artigos técnicos, apostilas e biblioteca para AutoCad. Clique aqui para assinar já o Maill List do Portal, ou faça-lhe uma visita: www.outeng.com
Premoldados - Projetos & Consultoria para Lajes e Painéis Treliçados. Tudo sobre Pré-moldados: Lajes tipo Volterrana e Treliçadas, Sistemas Estruturais Pré-fabricados e Artefatos de Cimento. /

todo o site
EngWhere Orçamentos Ltda ® - Todos os direitos reservados