Revista EngWhereEngenharia, Arquitetura e Construção de Obra

Você está aqui:

Revista EngWhere
Revista EngWhere
  • A+
  • A-
  • Reset
ORÇAMENTOS, PLANEJAMENTOS
E CANTEIROS DE OBRAS
  Revista EngWhere  
    Ano 05 • nº 56 • 01/09/06
Nesta Edição

Metodologia: Ganhando Tempo
Marketing: Marketing Pessoal x Auto Promoção
Paz: Ecos do Gênese

O roteiro dos orçamentos com o EngWhere é igualzinho ao dos orçamentos manuais:

* Atualize os preços dos insumos com o Armazém Geral;
* Transfira composições entre bancos de dados com o Intercambiar CPUs;
* Lance os quantitativos e dê os últimos retoques com o Lamber a Cria.

Bem, nem tudo ficou tão igual, mas, acreditamos, melhoraram muito!

EngWhere Orçamentos

O Software do Engenheiro!


Preço da Versão Profissional: R$ 220,00 (com direito a 50% de desconto nos demais produtos EngWhere).
Softwares feitos sob encomenda para você!

  Metodologia .CONTROLE DE CUSTOS

Ganhando Tempo

1. Inicie com classe
Algumas providências a serem tomadas caso a obra, por algum motivo, demore a se iniciar:
a) Instale o canteiro, mesmo que provisoriamente, em containeres;
b) Defina e mantenha de prontidão os fornecedores necessários para o início dos serviços;
c) Idem com os demais funcionários de outras obras da empresa a serem transferidos;
d) Planeje a obra com os dados disponíveis.

2. Otimize recursos

Um dos maiores males nas obras de porte é a disputa por recursos, que reduz a produção, atrasa a entrega final e irrita a todos.
Geralmente a causa disto (além da desinteligência do babaca do chefe) quase sempre é a subdivisão da obra em dois ou mais setores idênticos.
A solução para isto, mantendo subdivisões e economizando recursos, é repartir a obra em setores ou frentes afins, interagindo em toda sua extensão, como, por exemplo:
a) Terraplenagem, concreto e acabamentos;
b) Forma e armação;
c) Alvenaria e acabamentos;
d) Etc.

3. Construa uma só vez
Implante as vias de circulação do canteiro coincidentes com as vias definitivas da obra.

4. Dicas para caminhar menos e andar mais rápido
a) Implante o canteiro em área a mais próxima possível da obra para encurtar as distâncias do pessoal e das tramitações administrativas e minimizar os custos de encascalhamento, manutenção de pátios e vias de acesso e das redes de utilidades (água, energia, esgotos e iluminação externa);
b) A argamassa deverá ser fabricada por betoneiras situadas o mais próximo possível do local de aplicação, assim como deverão ser locados os depósitos dos materiais (tijolos, revestimentos, etc.) e, quando for o caso, dentro da área de influência da grua;
c) Faça a troca de turno apenas com os serviços próprios para isto e que realmente o requeiram, como terraplanagem (em época de seca), concreto, etc. Dê preferência ao pessoal alojado e moradores das proximidades para estes serviços.

5. Entregue a obra mais cedo

Em alguns órgãos, públicos ou não, é desejo da Fiscalização que a obra nunca se encerre mas se mantenha com pendências - quando os fiscais mais se destacam - até que se aposentem.
Encerre por decreto. Envie-lhes uma correspondência de agradecimento, esclarecendo-lhes que a obra já terminou, e, no final da carta, o indefectível "fui!”

Início

  Ênio Padilha . MARKETING PESSOAL

Marketing Pessoal x Auto Promoção

Ênio Padilha
Engenheiro, escritor e palestrante.
Formado pela UFSC, em 1986, especializou-se em Marketing Empresarial na UFPR, em 1996/97.
Escreve regularmente e seus artigos são publicados, todas as semanas, em diversos jornais do país.
eniopadilha@uol.com.br

Tem muita gente pensando que “fazer marketing pessoal” é aparecer muito. É estar em evidência. É ser visto e ser lembrado por todos, o tempo todo. E, pior, pensando que essas práticas, ensinadas em pequenos manuais de auto-ajuda, ou em palestras e cursos divertidos, podem ser a solução de todos os problemas, na busca incessante e paranóica pelo sucesso.

Mas o tal do marketing pessoal não é só estar permanentemente na vitrine. Nem é tão simples. Se fosse só isso, a solução poderia estar em pendurar uma melancia no pescoço (como fazia, no passado, um “conhecido” cantor popular) ou pintar-se de vermelho com bolinhas amarelas.

Se você quer apenas aparecer, vista-se espalhafatosamente, fale alto, agrida as pessoas, provoque um tumulto qualquer... Você vai chamar atenção, com certeza. E, quando todo mundo estiver prestando atenção em você, no que você faz e no que você diz... bom daí pra frente entram em cena outras variáveis como o talento, a criatividade, a disciplina, o caráter, os conhecimentos e as habilidades. Quanto maior o barulho que você tiver feito para aparecer, maior será a expectativa criada e maiores serão as cobranças do seu “público”.

Talvez você nunca tenha se dado conta, mas a primeira impressão não é a que fica. Ainda bem. Porque, se fosse assim, não haveria estratégia eficiente de marketing pessoal, ou seja lá o que fosse, que pudesse consertar uma primeira impressão acidentalmente ruim.

Olhe em sua volta. Veja quantas pessoas que hoje você gosta e admira e que, no primeiro contato causaram uma impressão bem negativa. E veja que o contrário também é verdadeiro.

Observe que essas pessoas alteraram a percepção que você tem delas com coisas bem mais importantes do que técnicas de “aparecer”.

Por isso é importante perceber que a autopromoção é apenas uma das etapas do marketing pessoal. É uma parte importante do processo, não resta dúvida. Mas não pode ser tomada como o objetivo em si. Uma estratégia inteligente de marketing pessoal não pode dispensar os benefícios de uma eficiente carga de autopromoção.Mas não se pode achar que apenas aparecer resolve o problema da conquista de espaços ou do sucesso.

Por mais óbvio que pareça, é preciso repetir, pela milésima vez: “não existe marketing eficiente para um produto ruim”.

Uma forte carga de autopromoção para alguém que não esteja preparado pode acelerar e tornar irreversível o seu próprio fracasso.

A autopromoção é fundamental. É uma etapa indispensável em uma boa estratégia de marketing pessoal. Porque, assim como não existe marketing eficiente para um produto ruim, também não existe um bom produto que alcance o sucesso sem uma boa dose de exposição.

Mas os interessados na mágica do marketing pessoal precisam saber que o milagre do sucesso, mesmo para pessoas muito talentosas, é sempre resultado de muito trabalho, disciplina e dedicação. E que capacidade, habilidades e conhecimentos precisam ser desenvolvidas ao limite para justificar uma eficiente carga de autopromoção.

Extraído do Capítulo 4 do livro "Marketing Pessoal & Imagem Pública", Segunda Edição.
Leia outros artigos no site do Especialista: http://www.eniopadilha.com.br

Início

   Email Enviado
 Agenda, Memos & CI's

Organize-se!
* BD *
* DO *
* BDI *
* GeeDoc *
* Caixinha *

Softwares profissionais a preço de CD
(em 1+2 vezes sem juros).
0**35 3535-1734

PARTICIPE DA REVISTA ENGWHERE
Envie-nos seus textos, artigos, comentários, dicas, notícias, novidades e experiência, para inserção nas próximas edições da Revista.
Envie cópia deste exemplar a outros profissionais e amplie nossa comunidade.
Se você recebeu essa edição de um amigo ou colega e ainda não é assinante da Revista EngWhere, então não perca mais tempo e assine já.
Se você gosta do nosso trabalho, por favor nos recomende para seus amigos e colegas.

  Promoção Fale o Que Pensa e Ganhe Brindes . PARA USUÁRIOS DOS SOFTWARES ENGWHERE

Brinde-Surpresa ao Usuário do EngWhere - II

Sorteio entre os usuários do software EngWhere, participantes da promoção "Fale o que Pensa e Ganhe Brindes".
Participe você também, dizendo-nos o que pensa dos softwares EngWhere ou autorizando-nos a publicar aqui algum elogio já feito ao software anteriormente.

Os contemplados ganharão, além de 1 ou 2 livros entregues em sua residência, 1 liberação reserva do software EngWhere, ou 2 a escolher dos Outros Produtos.


Livro-brinde: Contabilidade da Construção Civil e Atividade Imobiliária - 2 Edição - Atlas - 273 pg
Autor: Magnus Amaral da Costa

Sorteado do Mês de Agosto:

"...aproveito o momento para parabenizar a Empresa pelo excelente trabalho realizado com o soft e com a revista. Tenho indicado ambos para todos colegas que militam na construção civil."
Engº Walter Nascimento
Fortaleza - CE

  Adilson Luiz Gonçalves . PAZ
Ecos do Gênese

Adilson Luiz Gonçalves

Engenheiro, Professor Universitário e Articulista.
algbr@ig.com.br
Então, fez-se a luz!

A claridade revelou um relevo rochoso entremeado por vales vítreos e estéreis. Era possível vislumbrar, aqui e ali, afloramentos disformes de metais, e formações de pedras calcinadas, regularmente espaçadas, que lembravam formações cristalinas, mas sem brilho ou transparência. Quem as olhasse de perto diria que não eram naturais...

Vegetação, rasteira, já podia ser percebida, revolvida por ventos que sobravam em todas as direções, e só se encontravam para formar imensos e arrebatadores tornados: Uma convulsão telúrica em busca da paz!

A paisagem era como uma global tela em branco: Aguardava que um artista depositasse sobre ela a harmonia de seus traços, numa obra que levaria muitos anos até ser completada. E ele estava lá: observando-a por todos os ângulos; buscando traduzir suas próprias razões e emoções; captando os sons que dela emanavam... E nem só os sons da natureza em mutação podiam ser ouvidos: havia, também, ecos de longínquos “big bangs”, de um violento e profundo caos, permeado por: dor, discórdia, inveja, arrogância, ódio... Mas, não passavam de murmúrios fenecidos, como se a mítica Caixa de Pandora houvesse recolhido seu conteúdo e se desfeito em cinzas, pulverizadas pelos ventos do passado. Só que, desta vez, ela deixou livre a esperança!

Talvez aquela obra não merecesse o tempo e dedicação que implicava. O artista, no entanto, encheu-se dessa esperança, muniu-se de todas as suas habilidades, e passou a dar-lhe os acabamentos necessários.

Em breve as nuvens se dissiparam; as cinzas que cobriam o solo, misturadas às águas menos agressivas, diluídas e apaziguadas pelo tempo, permitiram o surgimento de novas e exuberantes espécies vegetais.

Ainda levou algum tempo até que os elementos encontrassem equilíbrio, mas, finalmente, a paisagem ficou pronta, emergindo da tela, com luzes e cores!

Foi quando o artista, depois de muito pensar, resolveu esculpir duas figuras usando elementos daquela natureza... Moldou-as à sua imagem e semelhança: algo diferentes entre si, mas, complementares e indissociáveis. Retocou-as com um carinho renovado e, por fim, soprou sobre elas, para tirar-lhes o pó. Como por encanto, elas adquiriram vida e olharam, deslumbradas, tudo o que havia a sua volta. Sentiram-se imensamente felizes, mas, ao ouvirem os ecos do passado seus rostos se anuviaram, e lembranças milenares afloraram em suas mentes: imagens de povos divididos pelas fronteiras da ganância; oprimidos pela força dos preconceitos; dizimados por guerras sem sentido: sedentos, famintos e amedrontados. Depois tiveram a visão dos mil sóis de um holocausto nuclear, e sensações de dor, fraqueza e impotência, para as quais não havia cura... Eram, apenas, lembranças; mas, tão fortes e nauseantes, que eles tentaram cobrir os olhos com as mãos. Ao vê-las, no entanto, viram que delas vertia sangue: o sangue de uma humanidade ancestral!

Tudo isso ocorreu num átimo, e logo o sangue desapareceu e eles voltaram a ver a belíssima paisagem que os envolvia. Ainda aturdidos, mas, agora, tomados da mesma esperança de amor e paz, aquele homem e aquela mulher olharam para o divino artista...

Este, que lhes havia mostrado todas aquelas imagens de um passado dividido por limites e preconceitos, e autodestruído por conflitos insanos; sorriu, benevolente; abençoou-os e disse, com doçura: “Vão para onde quiserem, livres e em paz! Amem-se, e façam desse amor uma ponte para transpor todas as fronteiras!”. Depois, suspirando, concluiu: “Só não destruam tudo de novo!”.

Fones: (13) 32614929 / 97723538

Início

Novidades no Site para Montadoras
Durma tranqüilo praticando Engenharia!

O EngWhere abre o jogo e oferece seu Curso de Orçamento de Subestações Elétricas em Extra-Alta Tensão para montadoras e demais órgãos do Setor, com duração de 5 dias - de 2ª a 6ª feira - que poderão ser usados também para orçar / planejar algumas SEs.
Único e inédito no Ramo: passe a orçar 1 SE de até 500 kV / dia (Civil+Montagem) com coerência, precisão e impecável apresentação (sem aumentar os recursos que sua empresa já emprega).

Objetivos:
a) Fazer das composições de preços unitários uma rotina em seus orçamentos de montagem eletromecânica (como é na Construção Civil);
b) Detalhar o BDI e oferecer opções para seu cálculo;
c) Dar dicas e disponibilizar índices (obtidos através de nossa experiência) para facilitar os cálculos;
d) Oferecer dicas e macetes para agilização dos orçamentos. Oferecer um roteiro para os orçamentos;
e) Mostrar o funcionamento do EngWhere em todo o processo (suas composições de preços unitários com índices apropriados em obras e quantitativos já levantados de projetos existentes);
f) Sugerir melhor apresentação de suas propostas técnicas e de preços;
g) Disponibilizar nossa experiência de 14 anos em SEs.

Distribuição
A Revista está sendo eventualmente publicada ou distribuída, parcial ou completa, também pelas seguintes Newsletters e Sites, em parceria:
Outdoor da Engenharia :: A sua biblioteca virtual de Engenharia Civil - 100% gratuita. Programas, artigos técnicos, apostilas e biblioteca para AutoCad. Clique aqui para assinar já o Maill List do Portal, ou faça-lhe uma visita: www.outeng.com
Premoldados - Projetos & Consultoria para Lajes e Painéis Treliçados. Tudo sobre Pré-moldados: Lajes tipo Volterrana e Treliçadas, Sistemas Estruturais Pré-fabricados e Artefatos de Cimento.

todo o site
EngWhere Orçamentos Ltda ® - Todos os direitos reservados